quarta-feira, 22 de junho de 2011

Vem aí o substituto do protocolo HTTP, o SPDY


Adivinhe qual empresa quer deixar a internet mais rápida, com um novo protocolo baseado no HTTP.
O mundo inteiro sabe que o Google é declaradamente comprometido com o desenvolvimento e a evolução da internet e dos navegadores. Ao contrário de outras empresas, que se dizem preocupadas e envolvidas na melhoria dos recursos disponíveis, o comprometimento do Google é notável diariamente, pois a cada dia somos surpreendidos com notícias que entusiasmam a todos.
Chrome, Wave e Android são só alguns dos nomes que nos impressionaram nos últimos tempos, pela sua qualidade, inventividade e compromisso com a melhoria na forma como o usuário final interage com o resto do mundo. Não bastasse isso, no dia 11 de novembro deste ano, o Google anunciou que está trabalhando em um novo protocolo de internet, que promete ser mais rápido que o nosso velho HTTP — “HyperText Transfer Protocol” ou “Protocolo de Transferência de HiperTexto”.
Google
Depois de ser padronizado em 1996, ou seja, em 12 anos de reinado, o HTTP não recebeu qualquer tipo de atualização ou melhoria. Ou seja, ele ficou estático enquanto quase tudo na web evoluía. SPDY, pronunciado como “Speedy”, é o nome do bebê que está em fase de testes nos laboratórios do Google.
O objetivo do SPDY é aumentar a velocidade com que as páginas da internet são carregadas, através de algumas melhorias na forma como se dá a comunicação entre cliente e servidor. Vale lembrar que o SPDY é uma evolução do HTTP, ou seja, ele é baseado no HTTP e não um protocolo completamente novo — o que segue a linha do Google de reinventar e melhorar produtos que já existem.
Será que o HTTP vai morrer?
Nos testes em laboratório, com uma versão especial do Google Chrome, o SPDY conseguiu um ganho de velocidade de 55% em relação ao HTTP. Obviamente, em um laboratório, mesmo simulando o ambiente web, as condições favorecem uma distorção no aumento de velocidade, mas mesmo assim, o Google está bastante otimista com o SPDY.
A documentação prévia do novo protocolo já está disponível para download de desenvolvedores, que podem ficar à vontade para enviar suas contribuições ao projeto. Como ainda está em uma fase inicial de desenvolvimento, o SPDY ainda não tem data prevista de lançamento. Nós, usuários entusiastas, ficaremos aguardando com o nosso babador para que logo possamos usar essa belezinha.


Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/3107-vem-ai-o-substituto-do-protocolo-http-o-spdy.htm#ixzz1Q1N1VvWm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário